Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Procura

Meu filho

Chama por mim donde estiveres

Eu vou

 

Se a tua alma mergulhou no mar

Para se juntar a corais e a estrelas

O meu corpo será sal e água

Para te encontrar

 

Se a tua Alma é flor silvestre

Que só nasce na montanha agreste

Durante o Verão

Eu vou lá chegar

Prendo o olhar nesse lugar

E espero

 

Que loucura é esta?

Se o que me resta é procurar

É querer saber onde tu estás

Chama por mim donde estiveres

Eu vou

 

                                                        Aida Nuno

sinto-me: interrogativa
publicado por criar e ousar às 11:46
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

Contacto via e-mail

.posts recentes

. OS NOSSOS FILHOS JÁ NÃO M...

. Coragem

. Meu filho mostra-me o cam...

. Continuo com todos os que...

. Sempre

. Reflexões

. Partilhar

. É preciso ter coragem

. Dia do Pai

. O Natal e a ausência

.favoritos

. E o que Fazer?

. Partilhar

. Aos nossos Filhos

. Valorizando a Vida

. Mensagem

. Os Cristos no Mundo

. Ambição

. Emigrantes

. Afectividade

. A Ausência

.arquivos

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO